Cantinhos que gosto em Três Rios

Vocês sabem que adoro uma cozinha, né ?

É lá que faço o que é mais importante pra mim, agradar minha família !

Mas também gosto de sair, comer fora e conhecer outros lugares e sabores, e com isso melhorar minhas receitas observando os pratos servidos ali.

Outra coisa que gosto bastante é de tomar um café. Se for em um lugar aconchegante, bonito e com bom atendimento então !!!

Nossa cidade era carente de bons lugares pra uma experiência mais intimista, onde você pode se sentar a mesa e tomar um café bem feito, curtindo seu tempo lendo ou acessando a internet. Tudo isso sem aquele furdunço natural de bares e padarias.

Curto muito dois locais que vou com bastante frequência para um cafezinho depois do almoço e um bate papo com o pessoal de lá.

O Santo Graal, fica no Shopping Américo Silva, e é um lugar que frequento ha muito tempo. O ambiente é inspirado na idade média e não é só uma cafeteria, mas um bistrô. Lá você encontra cervejas e vinhos, nacionais e importados. Queijos de qualidade e massas frescas servidas no almoço. A linha de sanduíches tem os nomes inspirados na lenda de Camelot e dos Cavaleiros da Távola Redonda. Você pode pedir um Bobo da Corte, ExcaliburRei Arthur, Fada Morgana e outros. Todos deliciosos, com pães especiais (bagetes com gergilim, ciabatta, pane romano) e servidos de uma forma delicada com desenhos de katchup e mostarda nos pratos.

Lá vou sempre pra tomar um expresso ou, com mais frequência, um cappuccino com bastante canela em cima. É um lugar que me agrada bastante !

Recentemente inaugurou na Galeria Marta Dutra, na Praça São Sebastião o Emporium Cestini. Foi “paixão” a primeira vista ! rsrs

Lugar super agradável onde a o atendimento é feito com uma alegria inigualável. Me sinto a vontade lá, como se já conhecesse as donas ha anos !!!!

O estilo já é o de uma cafeteria mais tradicional, muito bonito e aconchegante. Além do expresso, tem Cappuccino, Ice Cappuccino, salgados, doces e chocolates. O brownie, que pode vir com sorvete, vem com uma calda quente de chocolate em um bulezinho … delicadeza total ! Ah … e não deixe de experimentar o Brigadeiro de Colher !!!

Quer tomar um café? Então separe um tempinho pra conhecer essas duas pérolas da nossa cidade. Garanto que você vai gostar e voltar !

São  lugares pra ser perder no tempo … ficar em paz tomando seu café, e não ter hora de sair !

Bom café ! 😉

Cervejaria Itaipava

Apesar de não ser um “bebedor de cerveja” como muitos amigos meus, eu gosto de apreciar uma cervejinha em dias de calor. Não passo do terceiro copo, mas tá valendo.

Dia 03 fevereiro tive a oportunidade de conhecer o parque industrial da Cervejaria Itaipava em Petrópolis. Independente da cerveja, conhecer um parque fabril é sempre interessante. Desde criança que tenho curiosidade em conhecer como são produzidos os produtos que consumimos, e quando recebi o convite para particiar de um grupo montado pelo Nedeu do Santo Graal aceitei na hora !

O que mais me impressionou foi a organização do passeio. É um evento promovido pela própria cervejaria em parceria com a secretaria de Cultura e Turismo de Petrópolis e tem o nome de “Beer Tour”.

Nosso grupo tinha em torno de 25 pessoas e fomos recepcionados pelo guia que nos levou a um refeitório onde assistimos a um vídeo sobre a companhia e recebemos instruções sobre o passeio e equipamentos de áudio e óculos de proteção. Foi servido um lanche antes de iniciarmos o passeio.

Em nenhum momento passamos pelo chão da fábrica, todo o passeio é feito por passadiços suspensos, onde podemos ver todo o equipamento funcionando em segurança e sem atrapalhar os funcionários.

Confesso que me decepcionei um pouco porque o maquinário que produz as cervejas em lata estava em manutenção, mas pudemos ver todo o processo das garrafas de 600ml e litrão.

Em seguida fomos onde é feita a cerveja, com tonéis imensos de fermentação e filtragem. Tudo sempre bem explicado pelo guia.

Nesse ponto chegou o momento mais esperado por alguns: a degustação. E essa é a parte mais impressionante. Existe um bar imenso e bem montado dentro da fábrica. Nesse bar pudemos apreciar todos os produtos da companhia, mesmo as cervejas especiais não produzidas naquela unidade. Tá achando que a degustação foi feita em copinhos de plástico ??? Nada disso. Chopp e cerveja a vontade e super geladas em copos e taças especialmente selecionadas de acordo com a bebida escolhida. Pude experimentar uma cerveja de receita alemã datada de 1050 e uma cerveja feita de trigo. Confesso que lembrei de alguns amigos que gostariam de estar lá.

Após sair do bar fomos a uma loja da marca, ao lado do bar mesmo, onde se pode comprar produtos como copos, taças, bebidas, camisas e lembranças.

As 14:30, finalizamos o passeio e a fome batia feio. Para nossa surpresa, um belo almoço nos aguardava no refeitório onde também recebemos de brinde uma bolsa térmica e uma capa de garrafa, a popular “camisinha”.

Se você tiver a oportunidade de fazer esse passeio, não deixe passar. Vale muito a pena.

Até a próxima.

Esse vídeo mostra uma reportagem do SBT sobre o Beer Tour.

Horto de Itaipava

Aqui em Três Rios é um pouco complicado quando se fala em comprar verduras. Tem os mercados e a feira, mas se você não for logo cedo não encontrará nada que valha a pena. Os legumes também não são muito variados, é sempre mais do mesmo.

De vez em quando, assistindo aos programas de culinária, vejo os mercados municipais de São Paulo ou do Rio. Nossa, eu ia fazer a festa num lugar como aquele. Não só pelas verduras, legumes e frutas mas os emporios todos pertinhos com temperos e queijos. Nossa. Eu sou daqueles que quando vê uma banca de verduras verdinhas dá vontade de sair comprando tudo. Ha poucos anos essa afirmação vinda de mim seria impensável. Só acreditariam se eu estivesse falando de um açougue.Mas os tempos são outros e agora consigo sentir prazer em comer uma salada. Mas não perdi o apreço por um bom churrasco, de jeito nenhum.

Como não posso ir aos grandes mercados eu costumo ir em um horto bem próximo daqui, em Itaipava distrito de Petrópolis. Lá tem uma variedade enorme de verduras, legumes e frutas. Nada muito grande, mas os vendedores são os próprios produtores e isso garante uma qualidade excelente aos produtos. Dá pra comprar até Shitaki de produtores da região, fresquinhos.

Se você tiver oportunidade, passe lá para conhecer. De vez em quando eu e minha família colocamos o isopor no carro e subimos a serra. Da última vez, a que tirei essas fotos, voltamos com o carro cheio. Já programamos uma outra, mas nessa quero subir um pouco mais, até o Sesc Quitandinha para passar a tarde com a família andando de pedalinho.

Para quem não conhece, o Sesc Quitandinha.