Batata Surpresa

Não sei se acontece com vocês, mas adoro mudar receitas. Dia destes estava vendo TV e estavam fazendo propaganda do “Kitchen Machine Philips Walita”. Aquele que é tudo em um (eu quero).

Entre várias coisas, mostraram uma receita mexicana usando Doritos com frango por cima. Claro que a receita era horrível, pois o frango foi processado sem nada pra dar um temperinho. O negócio era mostrar o processador moendo o frango.

Bom, acontece que minha esposa já desfia frango no liquidificador há muito tempo, e fica ótimo. Gostamos da idéia e resolvemos fazer a receita mudando algumas coisas: no lugar do Doritos usamos batata congelada assada no forno. Claro, fizemos um frango desfiado delicioso. O resultado ? Te mostro agora ….

Batata e frango antes da montagem
Batata e frango antes da montagem

Eu assei a batata no forno por 50 min (tempo sugerido na embalagem). O frango foi cozido e depois triturado, acrescentei requeijão e cobri a batata com ele. Depois coloquei queijo ralado e foi pro forno mais 15 minutos. Não quis fazer um molho muito úmido para manter a batata crocante. Foi um lanche gostoso e sem culpa, já que a batata não foi frita. E acaba sendo um outro modo de fazer a famosa Batata Belga que vemos nas festinhas e feiras por aí. Ah, porque Batata Surpresa ? É porque o resultado foi realmente um surpresa de tão bom que ficou.

Pronto para servir

Batata Surpresa

800 gr de peito de frango

Pimentão Vermelho

Pimentão Amarelo

Cebola

Alho

Sal

Pimenta do reino

Molho shoyo

Alecrim

1 pote de requeijão

2 pacotes de 400gr de batata congelada

Queijo parmesão ralado

Modo de Fazer

Tempere o frango com o sal,  pimenta,  alecrim, alho e o molho shoyo. Dica do Geléia: Eu gosto de usar molho shoyo para o frango porque ele fica sempre moreninho, mas cuidado porque ele já tem bastante sal.

Refogue o frango até ficar bem cozido. Corte a cebola e os pimentões em cubos pequenos.

Desfie o frango e volte com ele para a panela. Acrescente a cebola e os pimentões e refogue mais um pouco. Acerte o sal se necessário. Misture o requeijão.

Depois de assar a batata, espalhe ela no tabuleiro. Cubra com o frango e depois com o queijo ralado.

Volte ao forno por mais 15 min e sirva em seguida.

Espero que gostem. Abraços.

Anúncios

Costela ao molho Barbecue

Na terça feira de carnaval resolvi testar minhas habilidades culinárias. E nada mais tentador que uma Costela ao Molho Barbecue. Assisti essa receita no Diário do Olivier no Viva, que passa as edições mais antigas.

Meu filho brinca comigo que ando assistindo mais programas de receita que antes, mas depois da chegada do canal Viva e da SkyHD (só o aparelho, não o sinal rsrs) ficou fácil, pois é só programar para gravar e assistir depois. Com isso o que mais tem no meu HD são programas de culinária, e MacGyver que é bom demais ver de novo !!!!!

Maasss, vamos ao que interessa. Depois de ver essa receita, fiz algumas pesquisas e achei várias outras formas de fazer a costela. Inclusive uma do Outback, que preciso conhecer um dia. Mas resolvi fazer a do Olivier, igualzinho a do programa.

Vou fazer o seguinte, primeirovou postar as fotos e no final coloco a receita, ok ? Então vejam o resultado da minha obra e tenham certeza de uma coisa: ficou boa demais ….

Costela Temperada
A costela já sem o sal grosso pronta para receber o molho
Pincelada com o molho antes de ir para o forno.
Costela Pronta
Pronta para servir
Salada de acompanhamento
A mesa posta.

E aí, gostaram ? Eu também … hahaha

A receita, como passada pelo Olivier, segue abaixo:

—————————————————————————————————————-

Ingredientes

1,5 kg de costela de porco

Sal grosso

Pimenta do Reino e Alecrim

Azeite

Molho

80 gr de açúcar mascavo

4 dentes de alho amassado

3 colheres de sopa de mostarda amarela tipo americana

80 ml de molho inglês

150 ml de molho de tomate peneirado

Modo de preparo

Fazer pequenos cortes sem separar por completo a costela de porco

Temperar com sal grosso, pimenta do reino e alecrim, passar azeite em toda a peça

Deixar marinar por 12 horas na geladeira coberto com um filme plástico

Dica do Geléia: Não exagere no sal. Não é churrasco, lembre-se que a peça vai ficar 12 horas nessa marinada. Coloque o suficiente em toda a peça, mas evite deixar crostas de sal.

Molho barbecue

Colocar o açúcar em uma panela e começar a caramelizar

Misturar todos os outros ingredientes e desligar o fogo quando levantar a primeira fervura

Espantado(a) com a simplicidade? Eu também. Sempre achei que esse molho fosse hiper complicado.

Preparo da carne

Retirar a carne e retirar o sal. Não lave, pelo amor de Deus, retire o sal e deixe o azeite que cobre a peça.

Pincelar a carne com o molho e colocar no forno pré aquecido a 100-110 graus  por 2 horas enquanto a carne cozinha.

Continuar pincelando a cada 10 minutos. Parece chato, mas é muito importante fazer isso

Faltando meia hora eu coloquei cebolas e dentes de alho inteiros pra assar junto. Eu adoro isso e vocês verão nas minhas receitas sempre que possível.

Na hora de servir, coloque o resto do molho por cima.

Bom apetite galera. Assim que tiver novidades, posto aqui.

Se você fizer em casa me conta, viu ?

Um grande abraço a todos e inté.



Blog novo … de novo.

Cá estou eu em mais um blog. Mas esse é diferente. Meu outro é sobre trabalho, onde falo sobre as obrigações que o governo nos impõe e novidades nos nossos sistemas. É sobre a API Systems, empresa que é a minha vida.

Esse aqui é diferente. Esse aqui é do “Geléia”, apelido que recebi nos tempos de colégio e que me segue até hoje.

Por quê outro blog? Porque eu adoro cozinhar. Adoro ir pro fogão e testar meus conhecimentos, e principalmente os “desconhecimentos” haha. Quero dedicar um pouco do meu tempo a um hobbie, sair um pouco da dedicação extrema que tenho em relação ao trabalho, e o que poderia ser melhor que falar de comida ?

Não quero me abancar em receitas, copiadas ou criadas. Quero falar do mundo da culinária, dos programas que vejo e adoro, como o “Diário do Olivier“, “Que Marravilha” e “Jamie Oliver e a revolução na cozinha“. Opinar sobre livros que tenho ou que vejo na internet. Falar de lugares que conheci em viagens, restaurantes por onde passei e, quem sabe assim, passar a vocês umas dicas de onde ir e comer bem.

Ou seja, falar abobrinhas. Mas abobrinhas deliciosas, faça-me o favor.

Ainda estou colhendo material, me acostumando com os recursos do WordPress e só devo fazer os posts de casa, nos fins de semana, então, por enquanto é só p-p-pessoal.

Grande abraço a todos.